08 junho 2015

CRENTE, MELHORE!

Quando uma classe da sociedade é tão vítima de preconceitos, falatórios e coisas do tipo, o mínimo que ela deveria fazer é ser tolerante. E quando essa classe é a dos cristãos (que significa pequeno Cristo) o mínimo que ela deveria fazer é cumprir o maior ensinamento de Jesus aqui na Terra: derramar amor.


Sabe, tive acesso a algumas imagens da Parada gay que ocorreu ontem em São Paulo (como essa que está aqui acima) e me senti ferida, magoada e indignada com elas. Mas o motivo da minha indignação não foi somente porque representaram Jesus de forma vexatória, mas foi principalmente porque nós, cristãos, temos uma grande, se não a maior parcela de culpa nesse ódio gerado.

O crente, que está nas igrejas mais de uma vez na semana na maioria das vezes, e ouve tão insistentemente sobre o amor de Deus pela humanidade deveria olhar com mais amor para a sociedade como um todo e principalmente para aqueles que ele julga como "diferentes".

Sabe, pecado por pecado, eu cometo vários todos os dias, e você que lê esse texto também. E tudo que eu menos quero nesse mundo é ter pessoas apontando pra mim e falando que eu vou para o inferno.  Quem é tão perfeito a ponto de julgar outras pessoas de forma tão incisiva?  Garanto que ninguém, pois se a gente fosse tão perfeito como julgamos não estaríamos nem aqui na Terra mais. Deus provavelmente diria "Essa pessoa é maior gostosura desse universo, vou trazê-la pra morar aqui comigo agora", e puff, você sumiria e estaria no céu nesse instante mesmo. Mas se isso não aconteceu e você está aqui ainda lendo esse texto, amor, você não é tão perfeito quanto pensa,  você precisa do cuidado, do amor e da misericórdia de Deus como qualquer outra pessoa.

Parada gay em Fortaleza - CE, em 2012



Entendo essa atitude de uma parcela da classe LGBT (que acredito que não a represente em sua totalidade), como uma resposta também ao boicote à ‘O Boticário’. Imagine se as pessoas deixassem de usar uma determinada marca de perfumes porque ela apoia a comunidade cristã, ou a comunidade negra, ou azul, amarela ou o que fosse. Um absurdo, né? E porque não é absurdo que pessoas deixem de usar essa ou aquela marca de cosméticos porque ela se utilizou (muito bem, diga-se de passagem) de uma estratégia de marketing para atingir a todos os públicos? É aí onde está o problema.

Não é problema você discordar, isso é um direito seu enquanto indivíduo, o problema é você denegrir, massacrar, falar mal e ainda mais, no caso dos cristãos, faltar com o amor.

O meu encarecido pedido nesta segunda-feira é que você analise as suas atitudes, os seus acertos e os seus pecados e veja se realmente você é tão maravilhoso assim que não precisa ou que pode monopolizar o amor que o próprio Deus deu a você gratuitamente.  Olhe para os lados e perceba que o cristão existe para ser embaixada de Cristo aqui na Terra e que o amor é a melhor forma de demonstrar às pessoas o quanto Deus é massa.

‘Mas, sobretudo, tende ardente amor uns para com os outros; porque o amor cobrirá a multidão de pecados’1 Pedro 4:8


Um beijo,
Bella. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante pra gente. Se joga <3

Posts Recentes

recentposts

Mais Vistas

randomposts

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *