07 agosto 2015

ACEITE SUA BELEZA COMO VOCÊ QUISER

Quem tá passando ou já passou pelo processo de transição deve ter dito, em algum momento, ou ouvido alguém dizer que “estava saindo da ditadura do liso”. Clap, clap, clap. Ditaduras, sejam elas estéticas, políticas ou sociais, trazem consigo um significado único: o cerceamento da liberdade e/ou da identidade de cada um.
Hoje, eu vejo as coisas dessa forma e sou totalmente contra a ditadura estética (ou os estereótipos, leia-se) que nos é imposta. Eu nasci com o cabelo crespo/cacheado e, talvez por falta de referências ou por falta de conhecimento meu e da minha mãe, aderi ao cabelo liso muito cedo. Para mim, só dava pra ser bonita daquele jeito. Cerceei, eu mesma, o direito de usar meu cabelo como ele realmente é.



 Depois de decidir entrar na transição, descobri que o meu cabelo é bonito como é e descobri que muitas outras pessoas também pensam dessa forma em relação aos seus cabelos naturais. Clap, clap, clap. Mas descobri também que tem xiita no mundo das crespas e cacheadas, é mole, minha gente?
Pois é. Tenho ouvido muita gente dizer que a gente “tem saído da ditadura do liso pra entrar na ditadura do cacheado”. Mas o que seria isso? É simples: é dizer que você, que abriu mão dos alisamentos e está voltando às raízes, mas prefere um cacho mais aberto ou mais fechado, está saindo de um padrão estético, que seria o liso, pra entrar em outro, o do cacheado. Isso vale pras crespas que não querem um cachinho 4C e preferem um 4A, e por aí vai.
Eu, particularmente, não concordo com essa linha de pensamento. Penso que, como irmãs de raiz, precisamos nos fortalecer umas às outras. Se minha amiga Thiara tem o cacho 4B, mas gosta mais do 4A, eu não devo criticá-la, impor que ela “aceite seu cabelo NATURAL” e insistir no assunto até que ela se curve à minha linha de raciocínio e abandone o que realmente a faria feliz. Eu, Bárbara, viro pra minha amiga Thiara e digo-lhe: amiga, seu cabelo é lindo do jeito que é. Com seu cachinho 4B. Mas, se ter um cacho mais aberto vai te deixar mais à vontade, com a autoestima mais elevada, se jogue, bi!



Infelizmente, estamos nos desunindo por querer impor à outra o que cada uma de nós acha certo. “Ah, mas o movimento de aceitação prega exatamente isso: que você aceite o seu cabelo como ele é”. Amiga, a cagação de regra de que eu só posso me sentir bonita com o meu cabelo natural é tão patética quanto a que me diz que eu só posso ser bonita com o cabelo liso, entendeu, ou quer que eu desenhe?
Amiga, eu conheço mulheres lindíssimas com seus cabelos 4C, 4B, 4A, 3C e por aí vai, e que se sentem ma-ra-vi-lho-sas assim. Mas eu também conheço mulheres que nasceram 3C e viraram 4B, ou nasceram 4C e viraram 4A e, pasmem, são felizes exatamente desse jeito. Sabe o que todas elas têm em comum? O direito de escolha, vulgo livre arbítrio ou qualquer outro termo que signifique que apenas elas têm o direito de ditar regras para si próprias.




Eu digo: se vocês, amigas militantes do movimento cacheado, querem fortalecer ainda mais tudo isso, aceitem que cada uma pode ser bonita exatamente como quer, e não somente como “é”. Ao ditar regras pra minha amiga, em vez de aproximá-la e, quem sabe, mostrar a ela que dá pra ser linda sim naturalmente, vocês estão sendo tão “críticas” quanto quem lhes disse que o cabelo A ou B é mais bonito que o dela. Entendeu?
Por isso, cara leitora, eu lhe digo: não há beleza maior que a encontrada na liberdade. Se você é cacheada, mas alisa seu cabelo e assim se sente bem, tudo bem pra mim. Seja feliz e sinta-se linda com ele alisado. Se você quer voltar às suas raízes por achar que vai ser melhor assim, eu tô aqui pra ajudar no que puder nesse processo. Estamos unidas pela causa da auto aceitação. Mas não espere de mim, leitora, te dizer que você fica mais bonita ou melhor desse ou daquele jeito. Cada uma é linda como quer ;)


Beijos,
Babi

Um comentário:

  1. Mais atrasada que tudo nessa vida! Mas A-M-E-I o texto!!! Você mais do que ninguém acompanha meu dia a dia Babi e todo dia descobrimos algo maravilhoso sobre nós mesmas e sobre nossos cabelos, fico realmente triste qdo leio e acompanho algumas discussões bobas dentro desse nosso "mundo capilar" por algo tão bobo q são essas ditaduras, sou FELIZ com meu cabelo e nem quero saber q tipo ele é, quero mesmo é continuar com esse ritual lindo de amor dia após dia <3 #FalouTudoBi #Amei #VouCompartilhar

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante pra gente. Se joga <3

Posts Recentes

recentposts

Mais Vistas

randomposts

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *