26 agosto 2015

COMECEI A TRANSIÇÃO, E AGORA?

Agora que você já decidiu ~entrar~ no processo de transição e foi aceita em praticamente todos os grupos que debatem o assunto no Facebook, começa uma outra parte complicada: como lidar com meu cabelo? Quem corta cabelo cacheado? Têm profissionais do tipo na minha cidade? Opa...


Foto: Reprodução



Por morar em uma capital pequena, considerada interior por quem vem de muita cidade grande (até parece que minha Pequena não é metrópole <3), eu sinto na pele a falta que muita coisa que não chega por aqui faz. No entanto, tive a grata surpresa de descobrir, aos pouquinhos, que Aracaju tem não apenas grupos locais sobre transição, cabelo cacheado/crespo, como tem um bocadinho de profissionais e salões específicos pro nosso tipo de cabelo. Legal, né?

Pois então: quando comecei o processo (em julho de 2014), me sentia meio “só”, sem ter muito com quem discutir o assunto e sem saber muito bem como lidar e o que fazer com meu cabelo (de duas texturas), sabe? Foi aí que eu encontrei os grupos no face (pena que o Preta ainda não existia <3) e, através deles, conheci uma série de gente boa pra cuidar do meu cabelo.

Confesso que, ainda assim, eu sou minha melhor cabeleireira. Descobri como é prazeroso hidratar meus cabelos em casa, ir testando as receitinhas (que nem essa aqui que a gente mostrou na semana passada) que encontro pela web e, por que não, ir cortando a parte quimicada do que resta do meu cabelo hahahahaha.

Foto: Reprodução


Acho que essa é a melhor parte da transição, sabe? A autodescoberta. Encontrei duas amigas que também passaram/estão passando por esse processo e rimos da seguinte frase: “cabelo cacheado é realmente trabalhoso. Mas sabe por que a gente acha isso? Por que estávamos acostumadas a terceirizar o cuidado com o cabelo liso”. E, fale sério, não é mesmo?
Pois então! Se descubra, minha flor, se descubra por que ninguém vai ter mais carinho com seu cabelo do que você mesma :)

Foto: Pinterest

No entanto, alguns cuidadozinhos ainda precisam (pelo menos pras “menos” talentosas) ser terceirizados. Minha dica é: consulte cada amiga cacheada sobre quais profissionais ganharam o selinho de aprovação de cada uma delas. Com quem elas cortaram? A pessoa tem histórico com cabelinhos crespos e cacheados? Ela corta os cabelos secos ou molhados (procure, preferencialmente, quem corte com ele seco! Depois a gente explica melhor o por que)? Enfim, procure ajuda! Informação, acredite, não falta pela web e pelas rodinhas de conversa do nosso meio <3.
Filtre, busque outras opiniões, converse com os profissionais e, quando se sentir segura, tenha medo de tesoura não. Mude, mulher! Prefira ser uma metamorfose ambulante, assuma seus cachos, seu volume e seja feliz. Ah, e lembre: o Preta tá aqui pra te ajudar. Tá com alguma dúvida de produto, profissional ou técnica pra cuidar do seu cabelinho? Manda emailpra gente! Eu garanto que assim que for possível eu divido a pergunta com as meninas e a gente te responde ;)
Contato da Babi: bobarbosa@live.com
Tô te esperando, hein? <3



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante pra gente. Se joga <3

Posts Recentes

recentposts

Mais Vistas

randomposts

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *